Panorama geral

INFORME-SE

O GDF DISPENSOU O FINANCIAMENTO DO BNDES PARA A CONSTRUÇÃO DO ESTÁDIO NACIONAL POIS PARECE CONTAR COM OS RECURSOS A SEREM LEVANTADOS COM AÇÕES COMO A VENDA DA 901 NORTE. FINANCIAMENTOS IMPLICAM EM PRESTAÇÕES DE CONTAS DETALHADAS E FISCALIZAÇÃO, ASSIM PARECE SER BEM MAIS FÁCIL DISPOR DE BENS QUE SÃO DE TODA A POPULAÇÃO DO DF – A TERRA URBANA DE BRASÍLIA E O TÍTULO DE PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE.

EM RECENTE POST DIVULGADO EM SEU BLOG, A ARQUITETA CARLA MACIEL  ESCLARECE A QUESTÃO DA 901 NORTE E O QUE É SER UM BEM RECONHECIDO MUNDIALMENTE. É PRECISO NOS MANTER ALERTAS E DIVULGAR ESSAS INFORMAÇÕES PARA A CONSCIENTIZAÇÃO DA POPULAÇÃO.

Reproduzimos, a seguir, trecho do Post da colega arquiteta.

O que é ser Patrimônio Cultural da Humanidade?

“Vou citar alguns textos para que fique mais claro o quanto significa para o Brasil e para o Mundo, desta e das próximas gerações, o título de Patrimônio cultural da Humanidade. Muito já foi dito, então me sinto a vontade para aqui reunir as definições mais objetivas sobre o assunto:
 (Fonte: wikipédia)
Patrimônio ou patrimônio cultural é o conjunto de todos os bens, materiais ou imateriais, que, pelo seu valor próprio, devem ser considerados de interesse relevante para a permanência e a identidade da cultura de um povo. O patrimônio é a nossa herança do passado, com que vivemos hoje, e que passamos às gerações vindouras. O título de Patrimônio cultural da Humanidade é concedido pela Organização das Nações Unidas para a Cultura, Ciência e Educação (UNESCO).
Do patrimônio cultural fazem parte bens imóveis tais como castelos, igrejas, casas, praças, CONJUNTOS URBANOS, e ainda locais dotados de expressivo valor para a história, a arqueologia, a paleontologia e a ciência em geral. Nos bens móveis incluem-se, por exemplo, pinturas, esculturas e artesanato. O órgão nacional encarregado de promover a proteção patrimonial é o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, criado em 1937.
Imagem: Casa Abril
O Brasil conta atualmente com os seguintes lugares declarados como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO:
  • A cidade histórica de Ouro Preto (1980)
  • O centro histórico de Olinda (1982)
  • As ruínas jesuítico-guaranis de São Miguel das Missões (1983)
  • O centro histórico de Salvador (1985)
  • O Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas (1985)
  • Brasília (Plano Piloto) (1987)
  • O Parque Nacional da Serra da Capivara (1991)
  • O centro histórico de São Luís (1997)
  • O centro histórico de Diamantina (1999)
  • O centro histórico da Cidade de Goiás (2001)
Falando de Brasília…

mapa

Imagem: Secretaria de Cultura do DF. (Fonte: Secretaria de Cultura do DF)
 Brasília foi inscrita na lista de bens do Patrimônio Mundial pela UNESCO por ser um marco da arquitetura e urbanismo modernos. Diferente das cidades tradicionais, suas ruas, prédios, praças, jardins e comércio foram planejados antes de sua construção. As atividades encontram-se divididas em setores: hospitalar, hoteleiro, bancário, de diversões, habitacional e outros.
O arquiteto Oscar Niemeyer e o urbanista Lucio Costa, que pensaram Brasília, participaram do movimento modernista e, dentro dessa proposta, nasceu Brasília, cidade com características peculiares e excepcionais.
Figurando na lista do Patrimônio Mundial como único bem contemporâneo a merecer tal distinção, ao lado de outras cidades centenárias do Brasil e do mundo, Brasília é um invento singular, original e único, um desafio ao gênio humano na preservação de uma nova proposta de viver e, também, na preservação de seu passado recente, que vive em sua paisagem natural, nos objetos do cotidiano, nos acampamentos pioneiros e na memória dos candangos. Cidade rodoviária, cidade jardim, cidade monumento, símbolo de uma nação são algumas das denominações que reportamos à Brasília, Patrimônio Cultural da Humanidade.
Uma aula de urbanismo:

(Fonte: Braziltour)

 Inaugurada em 1960, Brasília é uma verdadeira obra de arte modernista a céu aberto. A cidade, especificamente o Plano Piloto, é um exemplo da aplicação do urbanismo moderno. O traçado original e a organização em quatro escalas – monumental, residencial, gregária e bucólica -, por si só, fazem de Brasília uma cidade única, conferindo-lhe relevância na milenar história do urbanismo. Somam-se a isso as obras de artistas como Bruno Giorgi, Alfredo Ceschiatti, Athos Bulcão e Burle Marx, entre outros, que igualmente contribuíram para a beleza da capital.
Congresso Nacional
Catedral de Brasília
(Fonte: Guia de Brasília)
 A deterioração e as ameaças que pesam no desenvolvimento de Brasília estimularam Aloìsio Magalhães para que se criasse, em 1981, em grupo de trabalho para a preservação do patrimônio histórico e cultural de Brasília. Esse grupo reuniu uma documentação importante e após uma reflexão prospectiva profunda definiu tres zonas de proteção propostas para inscrever Brasília na lista do Patrimonio Mundial.
  • uma zona de proteção absoluta cobrindo o Plano Piloto de Lúcio Costa;
  • uma zona tampão onde a predominância dos espaços verdes estaria garantida;
  • uma zona periférica, incluindo o lago artificial e sua margens, quase que inteiramente construídas com conjuntos residenciais. Não poderia a proteção ser mais flexível
Relação de matérias sobre o assunto da 901 Norte:

Filha de Lucio Costa é Contra a 901 Norte
Iphan Não Autoriza a 901 Norte
IPHAN veta o projeto da TERRACAP de Expansão da Quadra 901 Norte

Participem do abaixo assinado! Conto com seu apoio! Obrigada!

A íntegra do texto acima pode ser acessado no endereço

2 pensamentos sobre “INFORME-SE

  1. As simulaçoes sao muito interessantes. Elas mostram bem que o aumento do gabarito nao vai acarretar nenhum impacto na paisagem urbana no nivel dos pedestres.

    • Prezado Leonardo,
      A preocupação dos urbanistas em defesa da preservação do Plano Piloto de Brasília não pode se resumir a impactos visuais ao nível do pedestre. Mesmo nesse aspecto fica muito claro que uma massa edificada de grandes proporções na quadra 901 Norte do SGAN causa sim bastante impacto na percepção no nível dos pedestres, bem como no perfil transversal e longitudinal da cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s