901 Norte

UNESCO CRITICA O PROJETO HOTELEIRO PARA A 901 NORTE

O equivocado projeto hoteleiro para a 901 Norte também foi alvo de críticas dos consultores do ICOMOS/Unesco que estiveram em Brasília em março de 2012.

No item do Relatório da Missão Unesco Icomos 2012 denominado “Identificação e avaliação de problemas/ameaças” o projeto da quadra 901 Norte é claramente apontado como um risco ao título de Patrimônio Mundial, conforme segue:

“3.      IDENTIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE PROBLEMAS/AMEAÇAS
(…)
3.2 Natureza e extensão de ameaças ao patrimônio, levando em consideração os valores naturais para os quais o patrimônio foi inscrito e as questões específicas descritas pelo Comitê do Patrimônio Mundial
(…)
Política de terras
(…)
A venda de determinados lotes como a quadra 901 onde uma quadra de aproximadamente 300 m x 300 m é proposta para a construção de um grupo de hotéis e shopping centers com uma altura de 50 metros (16 andares) – mas dentro de um espaço especificamente considerado como “área hoteleira” em uma zona descrita como “institucional” – suporia, no caso disto ser realizado, uma alteração séria aos atributos que garantiam a inscrição do patrimônio na Lista do Patrimônio Mundial. 

As alterações no uso da terra e nas alturas resultariam em uma mudança séria em relação à planta original desenhada por Lúcio Costa. No Plano Piloto, o atributo de definição de patrimônio é sustentado em premissas como a definição de escalas, áreas de uso diferente e alturas controladas de edifício. Além disso, a escala bucólica, a noção de Brasília como uma Cidade Parque, é um atributo essencial para sustentação.”

Adiante o Relatório da Missão Unesco Icomos 2012  ainda considera o projeto hoteleiro da 901 Norte como um problema superado, pelo fato do IPHAN já o haver indeferido em 2011, conforme observamos no trecho a seguir:

“4. AVALIAÇÃO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO
(…)
4.3 Revisão de quaisquer medidas de acompanhamento às decisões anteriores do Comitê do Patrimônio Mundial sobre o estado de conservação do patrimônio e medidas que o Estado Membro planeja tomar para proteger o valor universal de destaque do patrimônio
(…)
g) Desenvolvimento planejado da infraestrutura esportiva, previsto no cronograma da Copa do Mundo de Futebol FIFA 2014
(…)
O caso da Quadra 901 Norte (Quadra 901 do Setor de Grandes Áreas Norte – SGAN 901) é diferente. A TERRACAP propôs que ela fosse parcelada com prédios mais altos (de 9,5 metros para 65 metros). Além disso, ela será disponibilizada para uso comercial como hotéis. Este projeto de loteamento da terra e alteração do seu uso para Quadra 901 não foi aprovado pelo Superintendente do IPHAN do Distrito Federal porque era incompatível com a Portaria IPHAN º 314/92. A razão de incompatibilidade é que ele altera a harmonia que deve existir entre as escalas urbanas projetadas por Lúcio Costa e regulamentadas pela Portaria (Decreto nº 450/2011 de 13/10/2011 do Superintendente do IPHAN-DF).

O posicionamento dos consultores da Unesco está registrado em um documento oficial validado pela comunidade internacional na Reunião do Comitê do Patrimônio Mundial e é claro em relação à impossibilidade do projeto hoteleiro para a 901 Norte ser levado adiante sem que haja sério comprometimento dos atributos protegidos do Plano Piloto.

O Governo do Distrito Federal precisa colocar à frente de suas decisões a enorme responsabilidade de gerir uma cidade símbolo de um momento histórico e reconhecida como Patrimônio Mundial, à frente de interesses privados ou corporativos que por sua própria natureza percebem a cidade unicamente como mercadoria a ser explorada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s