901 Norte

NOVOS RUMOS PARA BRASÍLIA – VETO TOTAL AOS HOTÉIS DA 901 NORTE

Após longos e polêmicos 8 anos como Superintendente do IPHAN no Distrito Federal, o Sr. Alfredo Gastal foi exonerado do cargo em comissão (sem vínculo) em 5 de setembro de 2012 (DOU Nº174, Seção 2, pg.8). Sua gestão foi marcada por declarações polêmicas na mídia e fora dela, destacando-se por diversas vezes um indisfarçável e paradoxal incômodo com a cidade Patrimônio Cultural da Humanidade que estava sob sua responsabilidade e que costumava chamar de cafona, ultrapassada, anacrônica, entre outros adjetivos pejorativos.

Em outubro de 2011, pressionado por diversas manifestações públicas contra o projeto hoteleiro para a quadra 901 do SGAN – Manifesto de 143 Arquitetos Urbanistas, manifestação do IAB e parecer de Maria Elisa Costa em nome da Casa de Lucio Costa – o Sr. Alfredo Gastal indeferiu o referido projeto a uma semana de ser submetido a Audiência Pública.

Juntamente com o veto à mureta que dividiria o Eixo Rodoviário (Eixão) ao meio, talvez o veto à 901 Norte tenha sido dos poucos momentos importantes de sua gestão frente ao IPHAN DF no sentido de preservar a cidade. Nos últimos meses a sua demora em ratificar o veto aos hotéis da 901 Norte feito em 2011 vinha causando apreensão a todos que acompanham essa questão.

Em seu lugar foi nomeado interinamente José Leme Galvão Jr, conhecido por todos como Soneca, arquiteto de carreira do IPHAN, profissional sensato, competente,  e dedicado há muito tempo ao tema da preservação do patrimônio histórico nacional. Aproveitamos esse canal de comunicação para festejar e apoiar essa mudança nos rumos da preservação da cidade, e cumprimentar a presidência e direção do órgão pela substituição no IPHAN DF, certo que a nomeação ocorrida facilitará em muito o cumprimento das responsabilidades do órgão em zelar pela preservação de Brasília.

Estamos esperançosos que essa mudança no IPHAN DF signifique a ratificação do veto ao projeto hoteleiro da 901 Norte feito pelo órgão em 2011, e que essa aventura urbanística do GDF seja definitivamente banida e integralmente retirada do texto do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB).

Há notícias de que o projeto hoteleiro para a 901 está negado, que o IPHAN Nacional teria encaminhado documento sobre o PPCUB ao GDF onde está dito que não aprova o referido projeto. Entretanto tal informação que deveria ser de domínio público não foi divulgada até agora.

Também esperamos que as Recomendações da Missão Unesco 2012 sejam atendidas e que o PPCUB seja SUSPENSO e REAVALIADO, especialmente quanto à autorização para uso residencial nas quadras 900 sul e norte, bem como ausência de clareza sobre  as demais alterações promovidas na área tombada pelo documento.

Além das mudanças no IPHAN DF temos a comemorar também o alcance de nossa Petição Pública contra o projeto hoteleiro da 901 Norte junto à população de Brasília. Atingimos até o momento 1175 assinaturas de cidadãos brasilienses que começam a tomar para si a responsabilidade por cuidar dos rumos da cidade.

Talvez essa seja a primeira vez que um projeto de alteração do Plano Piloto alcance essa divulgação e obtenha a participação da população leiga, fato esse que deve ser observado com extrema atenção pelo IPHAN Nacional, IPHAN DF, CONPLAN e Câmara Legislativa do Distrito Federal, instâncias que possuem o poder de veto contra esse projeto vergonhoso proposto pela TERRACAP/GDF.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s