Panorama geral

WELCOME TO COKELAND?

foto (2)Brasília convive há alguns meses com um inusitado elemento na entrada/saída do Aeroporto Internacional de Brasília: um imenso Pórtico vermelho marcado pelo nada sutil perfil de uma garrafa de uma famosa marca de refrigerantes dando as boas-vindas à cidade.

A estrutura assombra quem desembarca na cidade e a primeira impressão que se tem é que Brasília foi vendida no pacote da Copa do Mundo e agora virou um Parque Temático: a COKELAND!

As dimensões do pórtico são realmente de impressionar, com cerca de 12 metros de altura (ou um prédio de 4 andares) e mais de 40 metros de largura. Também de impressionar é o gosto duvidoso da solução adotada, que faz lembrar um martelo (cuja cabeça é a tal garrafa) ou um delírio propagandístico-carnavalesco avermelhado.

Há algo estranho nisso tudo. Dar boas-vindas não é uma prerrogativa da cidade, de seu governo e seus moradores, todos empenhados em receber os visitantes da melhor forma possível?

Definitivamente, ceder esse gesto de boas-vindas a uma multinacional é algo constrangedor e muito questionável. É realmente essa empresa que deveria ter a honra de receber os visitantes que vêm conhecer a capital do país?

Após levantarmos o tema pelo Facebook em nossa página a insatisfação generalizada com esse incômodo marco na paisagem tomou voz imediatamente. Em poucas horas as manifestações de repúdio se espalharam pela rede a ponto de virarem pauta para o jornal Correio Braziliense (leia aqui).

Em menos de 24 horas a foto do pórtico da Cokeland teve 256 “Curtidas” e 128 comentários. Desses comentários a esmagadora maioria condenou veementemente o pórtico e somente 7 pessoas o defenderam, ainda que com argumentos muito questionáveis e uma visão mercantilista da cidade.

Preciosismo? Radicalismo? Alguns dos (poucos) defensores da extravagância instalada na porta da cidade disseram que “é apenas um negócio” e que “a empresa está patrocinando e colocou essa estrutura“.

Então é bom todos refletirmos quais são os limites dos negócios feitos com entidades internacionais em nome de eventos passageiros e se “pagar” é sinônimo de relativizar os limites do bom senso e da soberania da cidade sobre seus valores.

Para piorar um pouco as coisas, faz cerca de um mês e meio que a Copa das Confederações acabou e todos esperavam que o constrangimento tivesse fim ao menos por hora, mas segundo a reportagem do Correio Braziliense esse monumento ao mal gosto e ao abuso econômico tem previsão de permanecer até o fim da Copa do Mundo de 2014!

E para quem duvida que em Brasília as coisas andam muito estranhas, vejam como será o Pórtico da capital gaúcha aqui

.

10 pensamentos sobre “WELCOME TO COKELAND?

  1. Lembro de um gigantesco poste do McDonalds em frente à lanchonete dessa franquia na L2Sul (visto até do Lago Sul), e de uma propaganda de refrigerante (Coca-cola ou Guaraná Antártica, não me lembro) na lateral do Conic (que tinha como pano de fundo a Esplanada dos Ministérios e o Congresso Nacional) – ambos deram tanto o que falar que em pouco tempo foram retirados e cairam no esquecimento. Pelo que me consta, existe um Plano Diretor da nossa cidade que rege essas questões de poluição visual. Não entendo qual a diferença daquela poluição visual para essa de agora… Essa propaganda foi errôneamente autorizada (se foi autorizada), então que quem assinou a autorização responda por sua incompetência e improbidade.

    • Infelizmente esse erro de marketing está localizado fora da área tombada, então é um caso diferente das outras duas situações que você citou. De qualquer forma temos esperança que a empresa perceba como essa iniciativa está tendo uma má repercussão e retire esse pórtico. E de preferência não venha com nada similar em outro local.

  2. O gigantesco poste do McDonalds foi retirado por iniciativa do Ministério Público à época. Tenho certeza que esse pórtico foi autorizado às pressas, respeitando ou não o plano diretor. Infelizmente a Copa do Mundo, que eu não tenho nada contra e apoio ser no Brasil, não está respeitando plano diretor, nem prédios históricos país afora porque o interesse econômico das empreiteiras e dessas grandes empresas falam mais alto. Mas os movimentos na internet sempre dão algum resultado, quem sabe alguém não se sensibilize com a revolta de tantos? E tentam deixar um restinho dessa nossa cidade já tão descaracterizada… Gostei muito de saber que existe esse blog.

  3. Pingback: Bem-vindos à Cokeland? | bolachinha com ovo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s